Macadâmia

Este slideshow necessita de JavaScript.

Uma Alimentação saudável para o Coração deve incluir Nozes da Macadâmia

As nozes da macadâmia, quando incluídas numa alimentação saudável, reduzem os níveis de LDL (mau colesterol) e devem ter a denominação de “nozes com benefícios para a saúde qualificados”, dizem os investigadores.

“Debruçámo-nos nas nozes da macadâmia porque não estão de momento incluídas nos produtos benéficos para a saúde, enquanto que outros, mesmo frutos secos, são recomendados como parte integrante de uma alimentação saudável,” disse o Dr. Amy E. Griel, um médico principal do Hospital  Penn State e agora Cientista Sénior em Nutrição na empresa The Hershey. “As nozes da macadamia possuem níveis muito elevados de gorduras monoinsaturadas, como as encontradas no azeite, por exemplo.”

“Os estudos epidemiológicos demonstram que as pessoas que são consumidoras frequentes de nozes reduzem o risco de contrair problemas coronários e outras complicações do mesmo foro,” afirmou Penny Kris-Etherton, co-autor e professor distinguido de ciências nutricionais.

Os investigadores realizaram um estudo controlado, em que comparam uma alimentação saudável para o coração (com nozes da macadâmia) e uma alimentação típica ocidental. Os participantes possuíam níveis ligeiramente elevados de colesterol, pressão sanguínea normal e não estavam a tomar medicamentos para reduzir as gorduras. Os investigadores escolheram aleatoriamente participantes para integrarem os grupos e forneceram as duas dietas em separado ao longo de cinco semanas.

Os participantes que integraram a alimentação com nozes da macadâmia reduziram o colesterol total, reduziram o LDL (mau colesterol) e os níveis de triglicéridos quando comparados com os indivíduos que integraram o grupo da alimentação ocidental. O relatório diz que a redução, no caso das nozes da macadâmia, foi de 9.4% de colesterol total e de 8.9% de LDL.

Níveis calóricos individuais foram estudados para cada participante de modo a não ganhar ou perder peso durante o estudo. Ambas as dietas equipararam-se em gorduras total, contendo 33% das calorias provenientes de gorduras. O grupo da alimentação com nozes tinha 7% de gorduras saturada, 18% de gordura monoinsaturada e 5% de gordura polinsaturada. O grupo da alimentação típica ocidental tinha 13% de gordura saturada, 11% de gordura monoinsaturada e 5% de gordura polinsaturada.

“Descobrimos que a redução de LDL, ou de mau colesterol, foi superior ao esperado apenas através das gorduras benéficas presentes nas nozes,” afirma Griel. “Isto significa que existe algo mais nas nozes que ajuda a reduzir o colesterol e que o nosso trabalho é descobrir exactamente o quê”.

Fonte: Medical News Today

Fonte/Internet: http://www.alimentacaosaudavel.org/Nozes-Colesterol.html

_____________________________________________________

MacadâmiaAutor: Apoena Mendonça
Email: apoena@nutricaoemfoco.com.br

Nome científico: Macadâmia integrifólia e M. tetraphylla

Originária da Austrália, a macadâmia é um vegetal da família Proteaceae. Seu consumo ainda é limitado no Brasil, provavelmente pelo alto valor e/ou pelo fato de ser quase exclusiva para exportação. Entretanto esse consumo vem aumentando a alguns anos. É um fruto colhido no chão, visto que caem quando maduros.

Como qualquer alimento de origem vegetal, ela é isenta de colesterol. Contêm antioxidantes, os quais possuem propriedade rejuvenescedora. Por ser rica em gorduras monoinsaturadas, quando consumidas com frequência (duas ou mais vezes por semana), reduz o risco de doenças cardíacas, diminui o colesterol total e o ruim (LDL) e ainda, o triglicérides. Ela é bastante calórica, mas se for consumida moderadamente não engorda e traz benefícios para a saúde. Existem dez espécies de macadâmia, sendo seis comestíveis e as outras tóxicas.

A macadâmia tem valor nutritivo semelhante à oliva e é muito saborosa. É largamente consumida in natura, porém pode ser utilizada tostada com ou sem sal, com coberturas de confeitos achocolatados e sorvetes, ingredientes para biscoitos e bolos. Uma dica gastronômica interessante, é que ela mergulhada em chocolate não absorve umidade, não perde o frescor e nem se torna rançosa.

 

Fonte:

http://www.nutricaoemfoco.com.br/pt-br/site.php?secao=alimentos-M&pub=6835

_________________________________________________________

Macadâmia é rica em antioxidantes e em calorias

Único alimento nativo da Austrália conhecido internacionalmente, a noz macadâmia é empregada na fabricação de sorvetes, barras de chocolate e biscoitos e para dar um toque especial a sobremesas e a pratos salgados, como risotos e saladas. Também costuma ser servida como aperitivo, torrada, salgada ou caramelizada.

Assim como outras amêndoas, é rica em ácidos graxos, antioxidantes que retardam o envelhecimento e protegem o sistema cardiovascular. Também como elas, ajuda a reduzir os níveis de colesterol no sangue. “Isso ocorre devido às altas concentrações do ácido palmitoléico, responsável pela assistência ao corpo no metabolismo dos lipídeos, equilibrando os níveis de colesterol HDL (‘bom’) e LDL (‘mau’)”, explica o produtor Pedro Toledo Piza, diretor técnico da ABM (Associação Brasileira de Noz Macadâmia) e diretor da QueenNut Macadâmia, empresa que beneficia e exporta 35% da produção brasileira.

Só vale prestar atenção à quantidade ingerida, já que 100 g da noz torrada e salgada possuem 647 calorias.

Descoberta somente na segunda metade do século 19, a macadâmia é cultivada hoje principalmente na Austrália e no Havaí, mas também na África do Sul e em outros países. O Brasil, que iniciou o plantio comercial durante a década de 1970, figura em sétimo lugar do ranking, embora possua a quarta maior área plantada, concentrada nos Estados de São Paulo e do Espírito Santo. “Só que nossos pomares ainda são jovens, em fase de crescimento”, afirma Piza.

Em 2007, segundo dados da ABM, cerca de 85% da produção nacional será exportada, in natura, e o restante consumido no mercado interno.

Óleo

Da macadâmia, é extraído também um óleo utilizado pelas indústrias cosmética e farmacêutica, mas o mercado para o produto ainda é incipiente. “Somente 4% das amêndoas são destinadas para isso”, explica o produtor.

De acordo com ele, trata-se de um produto caro porque o quilo da amêndoa é vendido em atacadistas por valores entre R$ 30 e R$ 60, e são necessários, em média, três quilos para obter um litro de óleo –sem falar nos custos operacionais e de mão-de-obra e na rentabilidade do negócio.  RACHEL BOTELHO da Folha de S.Paulo

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/folha/comida/ult10005u363973.shtml

____________________________________________________

________________________________________

Para comprar de qualquer lugar do Brasil, acesse a Loja Virtual

_________________________________________

Atenção ATACADISTAS (REVENDA), ofereçam a seus clientes a

oportunidade de provarem as deliciosas Macadâmias do Sítio Beija Flor,

apresentadas da seguinte forma:

Estilo 2 (torrada e salgada-tipo aperitivo)
Apresentação: Embalagens com 100g, com 250g, com 500g, com 1kg ou com 2,5kg

Estilo 5 (torrada e salgada-tipo aperitivo)
Apresentação: Embalagens com 100g, com 250g, com 500g, com 1kg ou com 2,5kg

Estilo 7 (torrada e salgada-moída-para uso na culinária ou confeitaria em geral)
Apresentação: Embalagens com 250g, com 500g, com 1kg ou com 2,5kg

Estilo 9 (torrada e salgada-moída-para uso na culinária ou confeitaria em geral)
Apresentação: Embalagens com 250g, com 500g, com 1kg ou com 2,5kg

Farinha de Macadâmia (crua e sem adição de sal-para uso na culinária ou confeitaria em geral)
Apresentação: Embalagens com 250g, com 500g, com 1kg ou com 2,5kg

Representante em São José do Rio Preto e Região: J. Leonel Santana

Fones para contato ou maiores informações: (17)3011-4400 ou (17)8112-7035

E-mail: jleonelsantana@hotmail.com
________________________________________________________________

Uma resposta para Macadâmia

  1. Angela Affiune disse:

    Estive no Sítio Beija Flor para uma visita ! Amei e as macadâmias são deliciosas !!!!!!! Fui com o Sr. Eduardo de Vicente e família !! Abraços e parabéns !!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s